quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Mensagem da Célula - Janeiro 2013


Mensagem de Célula 1ª Semana
Fechado para Balanço



Introdução: Todo início de ano podemos observar que várias empresas e lojas param por alguns dias para verificar qual o resultado de um ano inteiro de trabalho. Seus donos querem saber minuciosamente qual o item que deu mais lucro para poderem investir mais, e qual o item que não vale a pena investir. A partir do resultado são feitas as estratégias para ter um ano inteiro de grandes resultados.

Quão bom seria se pudéssemos parar para uma avaliação e ver o que fizemos no ano passado. O que precisaria melhorar e o que deixar fazer para termos resultados espirituais melhores. Fazendo uma avaliação de sua vida, qual serial sua resposta?

O profeta Jeremias fez uma avaliação (um balanço) de sua situação juntamente com a do povo. Ele foi o instrumento de Deus para falar da necessidade de arrependimento dos pecados que cometiam contra Deus e das consequências da desobediência.

   1. Eles não aproveitaram a oportunidade que Deus deu ao povo, consequentemente o juízo viria assolando tudo (vv 10-13).
   2. A iminente invasão de Judá pela Babilônia (vv 16, 17).

O que aconteceu com Judá deve nos levar a avaliar nossa vida e os resultados negativos na família, trabalho, etc.
   1. Ver o quanto Deus tem falado sobre nosso procedimento.
   2. Analisar qual o grau da nossa relação com Ele.
   3. Ter consciência de que uma vida sem Jesus não dá.
   4. Saber que existe uma promessa de bênção para os que atendem a Sua voz e se arrependem.

Conclusão: Deus espera uma decisão de nossa parte neste início de ano. Qual vai ser a sua?


Mensagem de Célula 2ª Semana
A presença do Senhor e a prosperidade, Gênesis 39.1-6



Introdução: O capitulo 39 de Gênesis começa revelando que José foi levado para o Egito e comprado das mãos dos ismaelitas pelo oficial do Faraó e capitão da guarda. José foi comprado como qualquer escravo, mas algo diferente havia em sua vida.

   1. O Senhor estava com José e isso o fez próspero (v.2)
   2. José era abençoado em tudo o que fazia (v.3)
   3. A presença do Senhor na vida de José e sua dedicação no serviço entregue em suas mãos (Col 3.23) proporcionaram a oportunidade de administrar todos os bens de Potifar (vv 4,5 e 6).

Aprendemos com José, que:
   1. A presença de Deus em nossa vida e nosso esmero em fazer o melhor tornarão próspero o discipulado, a célula, a geração, a rede, o culto, o gal, a congregação, a Área, o trabalho, a família, etc.;
   2. A presença do Senhor e os resultados alcançados serão notados por outras pessoas, e estas se agradarão de nós.
   3. A presença do Senhor mais os resultados que Ele proporciona, assim como a maneira como servimos, podem nos levar a ocupar uma posição de responsabilidade. Moisés, Josué e Davi são exemplos de homens que viveram na presença de Deus.
   4. Quando a presença de Senhor é notória em nossas vidas, não olhamos para posição ou tipo de serviço. De nossa parte há disposição e qualidade, como se fizéssemos para o próprio Deus.

Conclusão: O relato vitorioso de grandes homens de Deus permeia toda a Bíblia. O diferencial de cada um deles foi a presença do Senhor em seu meio. Não é diferente para nós hoje. Se queremos resultados onde servimos e no que fazemos, precisamos, como eles, buscar a presença de Deus.


Mensagem da Célula - 3ª Semana
Como limpar minha casa, II Cr 14.1-7



Introdução: O rei Asa fez bom uso dos 10 anos de quietude que desfrutou no país no início de seu reinado. Em lugar de deitar-se e descansar, construiu seu reino da tal maneira que é lembrado como um dos melhores reis de Judá.

1. A renúncia da idolatria (vv 1-5)
a) Ele conduziu uma campanha de limpeza em Judá (v.3). É necessário começar uma campanha de limpeza em nossa vida, para que sejam afetados os que vivem conosco. Tudo o que roubar a atenção das coisas de Deus se converte em uma ferramenta de destruição. Estará sua família pecando com algo que levou para casa? Ou está permitindo que seus filhos sejam atingidos? Às vezes, temos em nossas casas muitas tentações.
b) Noé não pode, com sua mensagem, salvar o mundo antigo, e todos pereceram no dilúvio, mas sua família entrou na arca e se salvou. Não temos apenas a responsabilidade de levar para casa provisão e roupa, mas também e principalmente a presença de Deus.
2. A segunda ação do rei Asa foi mandar o povo buscar a Deus e estudar as Escrituras (v.4).
a) O mais provável é que Asa deu o exemplo. Não podemos dar o que não temos, nem ordenar o que não praticamos.
b) Não podemos dizer em nossas casa que leiam a Bíblia ou orem, se não nos virem lendo a Palavra e orando.

Conclusão: A dedicação e o entusiasmo de Asa em fazer o que é correto para Deus e o reino geraram carisma em sua liderança, pois motivou as pessoas a trabalhar. Não teve que forçar o povo a construir cidades, muros e torres. Eles sentiam-se inspirados a fazê-lo porque estavam convencidos de que essa era a vontade de Deus. Hoje é o tempo de fazermos uma limpeza, de sermos úteis a Deus, porque Ele tem pressa em edificar um grande povo.


Mensagem de Célula 4ª Semana
Vasos nas mãos do oleiro, Jr 18.6; Is 64.8




Introdução: De acordo com Gn 2.7, fomos formados do barro, somos comparados como vasos e Deus é o nosso oleiro. No livro de Jeremias (18.6) o Senhor diz:“Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel”.

   1. Deus tem propósito em nossas vidas e para isto acontecer Ele precisa nos
moldar segundo a Sua vontade.
   2. Todos nós somos escolhidos por Jesus para um propósito específico. Muitas vezes pensamos ser apenas mais um no mundo, e até nos sentimos inferior às outras pessoas, mas Jesus não está preocupado com tudo isso, Ele quer apenas uma chance para fazer de você um vaso valoroso, como fez com Moisés (Ex 1.15-22).
   3. Precisamos deixar o oleiro trabalhar em nossas vidas. “Aquele que começou a boa obra em vós haverá de completa-la até o dia de Cristo Jesus” (Fp 1.6). É Ele que faz a obra em nós (Rm 9.21). O apóstolo Paulo foi chamado como vaso escolhido (At 9.15), não obstante ser um perseguidor da igreja de Cristo. Deus o chamou para Si e fez dele um instrumento poderoso.

Conclusão: Moisés se via incapaz de realizar grandes feitos, Jeremias se sentiu como uma criança e Paulo era perseguidor da igreja, porém foram chamados por Deus e capacitados para a realização de grandes obras. Eles foram tremendamente usados por Deus, pelo simples fato de terem deixados o oleiro trabalhar em suas vidas. Da mesma forma, o oleiro quer cumprir em nós seu projeto. Está você disposto a entregar-se sem reservas em Suas mãos? Deseja ser um instrumento para multiplicar sua célula? Deixe, pois, o Senhor usar você e verá que Ele pode fazer de você um Moisés ou um Paulo em suas mãos. Leia Jr. 33.3


2 comentários:

  1. Muito Bom poder visualizar as mensagens da célula aqui no Blog, é bem mais rápido o acesso... e as gostei de ver q elas estão bem de acordo com a necessidade atual da igreja... Estão de Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Es una bendición visitarles, un saludo afectuoso desde mi blog www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com
    Desde El Salvador Centroamerica

    ResponderExcluir